IUC: estarão os veículos históricos a salvo?
Os veículos com mais de 30 anos e certificação FIVA estão isentos de IUC mas, com a nova legislação anunciada, não será que tudo pode mudar?



Escrito por:
Motorbest

2023-10-16

Fotos: Rui Reis

Vive-se dias tensos em Portugal. Não apenas para entusiastas, mas para todo e qualquer proprietário de um automóvel anterior a 2007. Tudo devido à prevista mudança do regime fiscal anunciada pelo governo português para o Orçamento de Estado de 2024, que virá a agravar o IUC destes veículos algures entre os 300% e os 1000% até 2026, consoante os casos.

MAS PORQUÊ AGORA?
Estamos a entrar num dos momentos económicos mais difíceis das últimas décadas, com custos de habitação em máximos históricos, com o preço do combustível em valores recorde, temos dos rendimentos familiares mais baixos da Europa e a carga fiscal mais elevada de sempre. Qual a explicação?
Na verdade, não se pode dizer que haja uma explicação. É um processo kafkiano de perseguição àquela fatia da população que antigamente era conhecida como classe média, mas que hoje em dia nem consegue ter um automóvel com menos de 16 anos. São os remediados, os que não gostam de se endividar, os que não têm condições financeiras para adquirir um automóvel novo ou mais moderno, que vão arcar com uma injustiça fiscal atroz. Tudo sob a justificação do clima (alibi para as maiores atrocidades políticas e económicas infligidas à civilização moderna) e tendo como pretexto a compensação da redução do custo das portagens em cinco auto-estradas nacionais. Portanto, boa parte dos beneficiados por essa redução, ficarão prejudicados.

PORQUE É QUE É ESTE AUMENTO É IMORAL, TALVEZ ATÉ ILEGAL?
Os automóveis anteriores a 2007, tinham uma carga de ISV muito elevada, que dificultava a compra e onerava excessivamente os veículos em comparação com o mercado internacional. Daí que, em 2007, o governo tenha decidido descer a taxa de ISV e subir o IUC, como medida compensatória, suavizando a forma de pagamento da carga fiscal.

Sucede então que, ao onerar agora os modelos anteriores a 2007, o governo está a incorrer numa “falta de palavra” e numa quebra de confiança para com os contribuintes, naquela que é uma efectiva dupla tributação dos mesmos veículos (ou tripla se considerarmos que o IVA é sempre calculado já sobre o preço com ISV). A justificação para esta desonestidade? O ambiente, claro!

MAS OS VEÍCULOS HISTÓRICOS ESTÃO ISENTOS, OU NÃO?
Uma das vantagens da Certificação de Veículo de Interesse Histórico, atribuída em Portugal pela FIVA através de uma das três entidades associadas (CPAA, ACP Clássicos ou Museu do Caramulo) é a isenção do IUC. Esta isenção aplica-se, portanto, a veículos com 30 anos ou mais, que reúnam as condições para obter a certificação.

A questão é que, com a tabela de IUC vigente, ao permitir a isenção, o Estado não está a prescindir de uma receita fiscal significativa. Contudo, com a entrada em vigor deste agravamento de IUC, os automóveis históricos passam a ser apetecíveis do ponto de vista da tributação, pois não só são em número considerável, como têm emissões poluentes que poderiam resultar numa taxa ainda maior do que modelos mais modernos.

DE QUE VALE UMA PALAVRA EM POLÍTICA?
Por princípio, eu diria que a probabilidade de revogar esta isenção fiscal atribuída aos veículos certificados seria impensável . Contudo, o executivo actual tem não só mostrado uma grande avidez tributária, como um total desrespeito pelos princípios da previsibilidade fiscal e justiça social.

OLHAR POR CIMA DO OMBRO
Em Portugal, o contribuinte já se habituou a esperar o pior dos seus governantes no que diz respeito a justiça fiscal e, talvez por isso, haja menos gente indignada com o momento actual do que seria expectável.

Há também aqueles que, por conduzirem no quotidiano automóveis modernos, e tendo uma garagem com veículos antigos certificados, acham que esta lei em nada os afecta e passará totalmente ao lado. Contudo, não seria de estranhar uma reversão das regras em que os Veículos de Interesse Histórico caíssem, também eles, no caldeirão sem fundo que é o sistema fiscal português.

NA DÚVIDA, LUTAR
Por aqui se depreende que esta é uma causa de todos e que, independentemente de nos vermos ou não afectados pela mudança fiscal, merece uma tomada de posição, para que amanhã não seja a nossa vez. Como tal, junte-se aos protestos, subscrevendo a Petição Pública que já conta com mais de 100.000 subscritores, ou alinhando na manifestação que acontece a 5 de Novembro nas várias capitais de distrito.

Outros artigos

Best Outono 2023

by | Out 22, 2023 | Tours | 0 Comments

O gosto de dar à chave de manhã, ver o vapor sair pelos escapes e sair pelas estradas, rodeadas de árvores pintadas de tons quentes, ao encontro de amigos.

IUC: estarão os veículos históricos a salvo?

by | Out 16, 2023 | Opinião | 23 comentários

Os veículos com mais de 30 anos e certificação FIVA estão isentos de IUC mas, com a nova legislação anunciada, não será que tudo pode mudar?

Video: tudo sobre certificações

by | Set 23, 2023 | Vídeos | 2 comentários

Em 2022, reunimos no Fórum autoClássico/Motorbest os técnicos das três entidades certificadoras para falar sobre tudo o que importa saber acerca da certificação de Veiculo de Interesse Histórico.

O Ferrari de 1,8 milhões e a vassoura com 50 anos

by | Set 21, 2023 | Mercado | 0 Comments

Mais de mês depois da Monterey Car Week, ainda gera polémica a venda mais peculiar de todo o evento, que levanta questões sobre o que vale mais: um automóvel, ou a sua história?

A arte de negociar clássicos – tertúlia

by | Set 18, 2023 | Vídeos | 0 Comments

Em 2022 abrimos o Fórmum autoClássico/Motorbest com Joaquim Bessa e António Carvalheira, numa conversa sobre o negócio da venda de veículos clássicos. Vamos recordar.

Estoril e o ruído. Era de esperar…

by | Set 15, 2023 | Opinião | 11 comentários

Uma providência cautelar pode obrigar o Circuito do Estoril a parar com todos os dias de teste, track-days e provas não-oficiais, caso não cumpra a lei do ruído. Mas porquê agora e como é que esta ameaça nunca surgiu antes?

2º Passeio de Clássicos Soc. Com. C. Santos (Esgotado)

by | Ago 3, 2023 | Tours | 0 Comments

Um evento para celebrar o prazer de condução e a paixão pela Mercedes-Benz.

(Vídeo) Eu, o RallySpirit e um sonho.

by | Mai 22, 2023 | Vídeos | 0 Comments

Vem aí mais uma edição do RallySpirit. Um evento que tenho vivido por dentro e que me faz sonhar. Como pode a experiência melhorar?

Best Caramulo

by | Mai 2, 2023 | Tours | 0 Comments

Um evento para celebrar a paixão pelo automóvel e pela condução. Uma viagem à nossa paixão, pelo caminho mais longo.

Estrelas da TV nacional #3

by | Abr 8, 2023 | Corrosão | 0 Comments

Recentemente recordámos as estrelas das grandes séries de TV internacionais. Agora é a vez dos que brilharam nas produções nacionais. Com menos luxo e cachet a condizer.

Não chorem pelo Autosport.

by | Abr 7, 2023 | Opinião | 0 Comments

O Autosport lançou há dias a sua última edição impressa. Muitos, mesmo os que não compravam, criticaram. Outros disseram que o tempo do papel acabou. Estavam todos errados.

Estrelas da TV nacional #2

by | Mar 30, 2023 | Corrosão | 0 Comments

Recentemente recordámos as estrelas das grandes séries de TV internacionais. Agora é a vez dos que brilharam nas produções nacionais. Com menos luxo e cachet a condizer.

Sabe o que é o sistema Panhard?

by | Mar 29, 2023 | História | 0 Comments

Do "Système Panhard", à "barra Panhard", passando pela criação da primeira caixa de velocidades, este construtor francês desconhecido de muitos, estabeleceu os parâmetros essenciais do automóvel tal como o conhecemos.

Best Primavera

by | Mar 22, 2023 | Tours | 4 comentários

Curvas e mais curvas, paisagens deslumbrantes e sabores regionais. E, claro está, as conversas de automóveis. Venha celebrar a Primavera entre entusiastas.

Estrelas da TV nacional #1

by | Fev 5, 2023 | Corrosão | 0 Comments

Recentemente recordámos as estrelas das grandes séries de TV internacionais. Agora é a vez dos que brilharam nas produções nacionais. Com menos luxo e cachet a condizer.

Lancia Fulvia volta a vencer no Monte Carlo.

by | Fev 4, 2023 | Competição | 0 Comments

51 anos depois do triunfo de Munari, um Fulvia volta a vencer nas estradas geladas do Monte Carlo. Desta vez na competição de históricos.

Best Douro 2023

by | Fev 1, 2023 | Tours | 0 Comments

A riqueza do Douro é haver sempre algo novo para descobrir e estradas para explorar. A isso, acrescentamos surpresas.

Como visto na TV! #5

by | Jan 31, 2023 | Corrosão | 0 Comments

No tempo em que não havia Top Gear, nem YouTube, qualquer automóvel que aparecesse na TV por mais do que uns segundos, era motivo de conversa. Recordamos vários modelos, com diferentes “cachês”.

Sistemas de suspensão

by | Jan 27, 2023 | Garagem | 0 Comments

Nasceu a pensar no conforto, mas tornou-se uma questão de segurança, eficácia e performance. Eis o essencial da tecnologia de suspensão.

Como visto na TV! #4

by | Jan 24, 2023 | Corrosão | 0 Comments

No tempo em que não havia Top Gear , nem YouTube, qualquer automóvel que aparecesse na TV por mais do que uns segundos, era motivo de conversa. Recordamos vários modelos, com diferentes “cachês”.

A função do “chauffeur”? Dar calor!

by | Jan 23, 2023 | História | 0 Comments

Todos conhecemos a palavra como um sinónimo de "motorista". Mas porquê o uso da palavra "chauffeur" e qual a etimologia? A resposta está na técnica.

Como visto na TV! #3

by | Jan 23, 2023 | Corrosão | 0 Comments

No tempo em que não havia Top Gear , nem YouTube, qualquer automóvel que aparecesse na TV por mais do que uns segundos, era motivo de conversa. Recordamos vários modelos, com diferentes “cachês”.

Vídeo: Alfa Romeo 1900 CSS Touring

by | Jan 21, 2023 | História,Vídeos | 2 comentários

Estreia do primeiro vídeo Motorbest, com um automóvel muito especial. O Alfa Romeo 1900 CSS Touring.

Como visto na TV! #2

by | Jan 17, 2023 | Corrosão | 0 Comments

No tempo em que não havia Top Gear , nem YouTube, qualquer automóvel que aparecesse na TV por mais do que uns segundos, era motivo de conversa. Recordamos vários modelos, com diferentes “cachês”.

Cinquecento Sport, o micro-GTI

by | Jan 17, 2023 | História | 0 Comments

Embora não tivesse sido planeada desde o início, a versão Sport do Cinquecento apenas continua uma tradição que sempre fez parte dos citadinos Fiat.

Brevemente, em vídeo: Alfa Romeo 1900 CSS Touring

by | Jan 14, 2023 | História,Vídeos | 0 Comments

Para o primeiro vídeo Motorbest, escolhemos um automóvel muito especial. O Alfa Romeo 1900 CSS Touring.

Quem compra os MX-5 NA?

by | Nov 28, 2022 | Mercado | 0 Comments

Diz-se que o MX-5 é um desportivo que serve para tudo, mas será que serve para todos? Que perfil têm os compradores?

Champanhe no pódio: do acidente à tradição.

by | Nov 25, 2022 | História | 0 Comments

Foi em 1967 que Dan Gurney inaugurou a a tradição do spray de champanhe no pódio. Na altura, "não caiu bem"...

Giulia, a sexygenária!

by | Nov 22, 2022 | História | 0 Comments

Os Sprint e Spider são os mais populares e desejados da série 105/115 da Alfa Romeo, mas o Giulia familiar é um ícone por direito próprio.

Como visto na TV! #1

by | Nov 22, 2022 | Corrosão | 0 Comments

No tempo em que não havia Top Gear , nem YouTube, qualquer automóvel que aparecesse na TV por mais do que uns segundos, era motivo de conversa. Recordamos vários modelos, com diferentes “cachês”.

BX aos 40: o último Citroën “maluco”?

by | Nov 19, 2022 | História | 0 Comments

De Gandini a Cavaco, do "imparável" BX 11 ao inacreditável 4TC, foram vários os motivos pelos quais o BX marcou uma geração. Nos seus 40 anos, celebramos o último grande rasgo de irreverência de Sochaux.

Best Outono

by | Out 10, 2022 | Tours | 0 Comments

O gosto de dar à chave de manhã, ver o vapor sair pelos escapes e sair pelas estradas, rodeadas de árvores pintadas de tons quentes, ao encontro de amigos.

1º Passeio de Clássicos Soc. Com. C. Santos

by | Ago 10, 2022 | Tours | 0 Comments

Um evento para celebrar o prazer de condução e a paixão pela Mercedes-Benz.

Best Xisto

by | Ago 1, 2022 | Tours | 0 Comments

As paisagens dramáticas do centro e as estradas de sonho que viram passar as lendas dos ralis, reservam-lhe uma experiência inesquecível.

O génio de Robert Opron

by | Jan 2, 2022 | História | 0 Comments

No design, não há genialidade sem ousadia. Ao criar algo novo, desafia-se as expectativas e Opron apreciava esse desafio.

50 anos do Fiat 127

by | Jan 1, 2022 | História | 0 Comments

Poderá não ter sido o pioneiro no género, mas foi fundamental na consolidação do formato do automóvel utilitário.

Best Minho Verde

by | Dez 16, 2021 | Tours | 0 Comments

Parta connosco à descoberta dos encantos e dos segredos mais preciosos do Minho e da região dos vinhos verdes.

Familiares dos anos 80 – Parte I

by | Mai 31, 2020 | Corrosão | 0 Comments

Numa década de contenção e racionalidade, o mercado nacional encheu-se de propostas familiares de todas as marcas e origens.

Dado é caro!

by | Mai 31, 2020 | Corrosão | 0 Comments

Um clássico é um investimento de risco. Para não perder dinheiro com a sua paixão, escolha um modelo que não valha nada.

Realmente desportivos. Realmente baratos.

by | Mai 31, 2020 | Corrosão | 0 Comments

Quem nunca sonhou ter um desportivo exuberante? Conheça cinco opções abaixo dos €20000 e pare de adiar o sonho.

A melhor relação Euros por Cavalo

by | Mai 31, 2020 | Corrosão | 0 Comments

É o derradeiro factor de sedução de um automóvel. O número das emoções. A estrela das fichas técnicas. A potência é a obsessão de qualquer apaixonado dos automóveis e alguns clássicos oferecem cavalos a preço de feira.

Um clássico como primeiro carro

by | Mai 14, 2020 | Corrosão | 0 Comments

Quem pode negar a importância do primeiro carro nas nossas vidas? Por outro lado, quanto não custa escolher e pagar um para dar a um filho? No mundo dos clássicos há soluções perfeitas para pais e filhos. É novo para ele, clássico para si.

Clássicos de que o FMI gosta

by | Mai 12, 2020 | Corrosão | 0 Comments

Preparados para épocas de crise, recordamos cinco modelos que fizeram bem à economia nacional.

Quando o barato sai caro

by | Mai 12, 2020 | Corrosão | 0 Comments

Há um irónica tendência para modelos baratos virem a tornar-se em clássicos caros. Eis cinco exemplos de inflação retroactiva.

Cinco carros para provocar o divórcio

by | Mai 3, 2020 | Corrosão | 0 Comments

Há automóveis capazes de seduzir e outros capazes do contrário, mas pelos quais vale a pena ficar solteiro.

Personalidade: Paul Frère

by | Abr 11, 2020 | História | 0 Comments

Há pessoas que passam a vida em busca de um talento. Paul Frère tinha dois: foi excelente jornalista e excelente piloto.

Personalidade: Gabriel Voisin

by | Abr 11, 2020 | História | 0 Comments

Peter Mullim chamou-lhe “Leonardo da Vinci do séc. XX”. Talvez não seja um exagero.

Festival Renault Classic

by | Abr 11, 2020 | Reportagem | 0 Comments

A Renault fez 115 anos e convidou os jornalistas para celebrar em Monthléry. Thierry Lesparre esteve lá.

75th Goodwood Members Meeting

by | Abr 1, 2017 | Reportagem | 0 Comments

Goodwood Members Meeting leva-nos numa viagem por várias gerações gloriosas do desporto motorizado.

Raymond Boutinaud

by | Jul 1, 2016 | Entrevistas | 0 Comments

A história de uma paixão pela Porsche, que levou à famosa aventura em Le Mans, de 928 S.

Injustiçados
: Alfa Romeo Alfasud Berlina

by | Mai 1, 2016 | História | 0 Comments

Por vezes, defeitos mediáticos condenam modelos virtuosos. Vamos fazer justiça ao Alfa Romeo Alfasud.

Conde de Monte Real

by | Mai 1, 2016 | História | 0 Comments

O retrato de um grande nome do nosso automobilismo, aquando do centenário do seu nascimento.

Injustiçados: Simca 1100

by | Abr 1, 2016 | História | 0 Comments

Num percurso condicionado pela gestão, a Simca fez modelos de excepção, como o Simca 1100.

Hans Ledwinka, o inconformado

by | Abr 1, 2016 | História | 0 Comments

Um dos engenheiros mais influentes do mundo que, por isso mesmo, acabou preso e esquecido.

Injustiçados: Citroën GS

by | Abr 1, 2016 | História | 0 Comments

Por vezes, defeitos mediáticos condenam modelos virtuosos. Vamos fazer justiça ao Citroën GS.

De Grupo B em Monthléry

by | Mar 1, 2016 | Reportagem | 0 Comments

As emoções das Grandes Heures Automobiles, vividas por Thierry Lesparre.

Vincenzo Lancia, o virtuoso

by | Fev 1, 2016 | História | 0 Comments

Mais do que um empresário do mundo automóvel, Vincenzo foi um génio apaixonado pela inovação e pela técnica.

Bruno Saby

by | Fev 1, 2016 | Entrevistas | 0 Comments

Bruno Saby foi um dos poucos pilotos a saborear o prazer das vitórias na era do Grupo B e participou no desenvolvimento do Peugeot 205 T16. O piloto francês recorda aqueles tempos numa entrevista a Thierry Lesparre.

Lancia: Um épico sem final feliz

by | Mar 1, 2014 | Opinião | 0 Comments

Numa perspectiva de entusiasta, Duarte Pinto Coelho fala das razões para admirar a Lancia e para chorar o seu fim inglório.

23 Comentários

  1. António Moreira⁶

    Bom dia sr o meu é um pegeout de 2004 ,,206 com 120000km posso dizer que para mim está novo ganho 530 euros por mês de reforma o que vai se de mim numa aldeia onde o transporte público quase inexistente como vai ser o meu caso???

    Reply
  2. Domingos Oliveira

    Resido na região centro interior. Tenho uma viatura certificada, mas optei por pagar o IUC anualmente porque a isenção deste imposto para apenas 500 kms anuais é manifestamente pouco. Já fui a alguns encontros/passeios e só para chegar a um local do evento, tenho o “plafond” gasto. Até agora o valor do IUC é suportável, mas no futuro começa a ser incomportável. Para além do imposto será também importante alargar o máximo de kms legalmente possíveis de percorrer, para com segurança podermos pedir a isenção do imposto.

    Reply
  3. Fernando da Silva Sousa

    Eu acho que é uma vergonhoso o que estão a querer fazer

    Reply
  4. Ricardo dê Barros Fonseca

    Bom tarde. Muito bom artigo e bastante informativo. Vale a pena também lembrar como isto poderá afetar as oficinas das quais têm clientes com carros mais antigos, mas também a nível cultural, dos quais proprietários de museus que poderão ser penalizados caso haja um mudança na lei. Obrigado.

    Reply
  5. Carlos Lopes

    Um porco por conquistar um castelo não se torna rei, o castelo é que vira uma estrumeira.

    Reply
  6. Gilberto Gonçalves

    Excelente artigo. Muito pertinente. Obrigado m

    Reply
  7. José Menezes

    Boa tarde…é preciso não esquecer que asta medida, não afeta só os clássicos ou históricos, mas também muitos anteriores a 2007, e que não se enquadram nestes segmentos….

    Reply
  8. Arlindo Manuel torres Desterro

    Estou sem palavras para dizer á verdade eles come tudo e não deixao nada

    Reply
  9. Marcio Pereira

    Boa tarde não tenho nenhum clássico mas um 4×4 Nissan Patrol y61 3.0DI que faz no máximo uns três mil kilometros ano apenas usado para passeios de lazer será esta viatura poluente para passar de um 70 euros para 800 euros sendo uma viatura que em nova foi altamente tributada? Não e justo mudar as regras a meio do jogo. Estas viaturas mais antigas vão acabar por desaparecer com o passar dos anos quer por já não serem fiáveis quer pela falta de uso não era necessário o estado obrigar sim porque pagar mais de 800 euros de iuc e obrigar a desistir dessa viatura.

    Reply
  10. José Rego

    O aumento do IUC, para os veículos anteriores a 2007, para além da medida injusta e altamente penalizadora, é discriminatória.
    Mais, para os veículos que pela idade, já estão impedidos de circular dentro de algumas zonas dentro das localidades, trata-se de um dupla injustiça. Pois, se o imposto foi criado para penalizar os veículos antigos e, em simultâneo, dissuadir os seus proprietários da posse dos mesmos, isso já estava a ser feito através dessa limitação na circulação desses veículos com restrições à sua utilização dentro de algumas zonas de várias localidades.
    Consequentemente, o aumento do IUC, deveria terminar com essas restrições, uma vez que os proprietários dos veículos vão pagar muito mais para circular com os seus veículos, compensando assim o Estado e a sociedade civil, pela, eventual, maior emissão de partículas poluentes.
    Cumprimentos.

    Reply
  11. Duarte Lopes

    Parabéns. Excelente artigo. Só faltou referir a cereja no topo do bolo que é já terem cobrado iuc indevidamente durante 13 anos aos carros usados importados anteriores a 07/2007 com matrícula portuguesa posterior e apenas devolverem 4 anos (para os que pediram) ou seja querem taxar esses carros novamente e atenção que a lei mantém-se igual para veículos de fora da UE e EEE por exemplo Suíça e EUA. Se 40% das matrículas novas são usados importados é porque os portugueses ficam com o que a Europa não quer. Os nossos políticos nem adjetivos merecem de tão miseráveis que são.

    Reply
  12. JOAO MARIA DUARTE COSTA

    AINDA ESTE ANO PAGUEI 12 EUROS UM CARRO QUE TENHO COM 30 ANOS JA OUVI FALAR 95 EUROS E TRISTE VAMOS LA VER O QUE VAI DAR OBRIGADO

    Reply
  13. Rui Madeira

    O Estado Ladrão!

    Socialismo no seu melhor, gostam tanto dos pobres que até os multiplicam.

    Então quer dizer que um desgraçado sem capacidade de comprar um carro novo devido a POLITICA DOS ORDENADOS BAIXOS, agora é entalado com esta taxa.

    Esquisito, quase esquizofrénico….

    É caso para perguntar a quem deu a Maioria Absoluta a estes cavalheiros, e agora??

    Reply
  14. João

    Continuem a votar PS.

    Reply
  15. Alexandre Oliveira Herr

    5 de Outubro la estarei .
    Temos que derrubar esta lei , que só é favorável aos ricos.
    Sim porque so compra carros eléctricos os ricos.
    Para mim é impensável eu comprar um carro de 30 ou 40 mil euros.
    Estou pela luta

    Reply
  16. JoséL

    A justificção não é o ambiente! A primeira justificação foi a mais esclarecedora: “Vamos baixar as portagens e quem vai pagar isso vão ser os veículos antereiores a 2007!”

    Reply
  17. Henrique Abreu

    Depois de casa roubada trancas á porta, este executivo já desde 2015 aquando da geringonça que mostrou não ter qualquer respeito pela pela propriedade privada, moradias e apartamentos, ou mesmo património em geral,.ainda se lembram da célebre frase de Mórtagua do BE um dos parceiros de António Costa ? Há que perder a vergonha e ir buscar a quem tem,… os sinais estavam aí e em 2022 42,5% dos eleitores deram a maioria absoluta a estes cobradores do fraque dos impostos em Portugal, foi como meter uma raposa a guardar galinhas, dos 2 milhões de proprietários de carros antigos houve certamente , e estatisticamente falando uma grande quandtidade de pessoas que votaram Rosa,….agora ´so imperando o bom senso e nas legislativas de 2026 derem um claro sinal de fim de marcha para AC e seus comparsas, independentemente das petições, que eu assinei, ou das manifestações na rua,..este PM acha que foi mandatado pelo povo para fazer o que quer e sem dar satisfações a ninguém, sao estas as conquistas de abril.

    Reply
  18. Miguel Pinto

    Bom dia,

    Julgo que é tempo de as instituições existentes neste ramo iniciarem um processo cívico tanto em Portugal como na Europa relativamente a este assunto além de se iniciar a realização de concentrações/manifestações em capitais de distrito.

    Reply
  19. ABEL SOARES

    E lamentavel, que mais uma vez o governo , va sacrificar os proprietarios do veiculos automoveis, em nome de mais uma receita
    fiscal que ja e incomportavel, neste sector, e que tem sido a galinha dos ovos de ouro, de varios governos.

    Reply
  20. Cláudio

    Deviam era de aumentar a 300% o tabaco em vez colocarem mensagens e imagens ridículas nos maços.

    Reply
  21. António José Mamede Mendes Mar MARTINS

    Vergonhoso aquilo que o Sr. Medina e outros, pretendem levar para a frente

    Reply
  22. Vitor rosa

    Boas tenho um celica de 1990, esta parado a 10 anos nao gasta pneus mas paga alcatrao, nao faz poluicao, mas paga iuc todos os anos, ta bonito ta.

    Reply

Enviar Comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pin It on Pinterest

Share This